A imagem diz tudo

Neste domingo tivemos mais uma etapa da GT3. Campo Grande recebeu a categoria pela primeira vez. O que não aconteceu pela primeira vez foi um erro da CBA durante a corrida.

Daniel Serra estava atrás de Claudio Ricci – os dois de Ferrari 458 – quando houve uma escapada. Ricci acabou saindo do traçado e perdendo posições. Daniel Serra foi considerado culpado no acidente e o puniram com um Drive Throug. Como ele tinha certeza absoluta que não fez absolutamente nada contra seu adversário, ele não veio para os boxes. Recebeu bandeira preta.

Após a prova foi até a torre. Os comissários viram a câmera onboard e chegaram a conclusão que erraram. Voltaram o resultado original na pista: 3º colocado. E se ele paga a punição e termina lá trás? Corrida arruinada. E se ele ganha a prova? Estava desclassificado. Mas a CBA teria que dizer depois que ele foi o vencedor.

Ah, sei lá. Pode acontecer muita coisa ainda. Da até preguiça escrever.

A imagem pode ser vista abaixo. Será que na imagem que os comissários estavam vendo, ficou tão claro o “toque” que não houve?

Anúncios
Esse post foi publicado em GT3 e marcado , , , , . Guardar link permanente.

12 respostas para A imagem diz tudo

  1. Fabricio disse:

    Eu estava assistindo pela TV, e na única imagem mostrada parecia mesmo um toque. Tanto q tinham um amigos q torcem para o Daniel q ficaram esperando punição. Enfim, ainda bem que no fim o resultado foi mantido.

  2. Marcos Ferreira disse:

    E os bandeirinhas de Campo Grande não viram nada????? Nei, que canal está passando a Itaipava GT?

    • neitessari disse:

      Opa…Passa na Bandeirantes… O proprio Tiago Mendonça, comentarista da prova, na transmissao disse que houve o toque. Ele, depois, olhando a camera onboard chegou a conclusão que não houve toque.
      Abraçosss

  3. tiago cortez disse:

    nada como um bom Vbox no carro pra salvar como ja comentado!…hehehe

  4. Antonio Manuel da Silva disse:

    O que fala o piloto que foi supostamente atingido?

    • neitessari disse:

      Sem ver esta imagem, Ricci disse que poderia ter sido atingido. Que um minimo toque pode tirar o piloto do traçado. Depois que viu as imagens, concordou que não foi tocado.
      Abraços

  5. Fernando disse:

    Ao menos, na GT, os comissários reconheceram o erro e devolveram a posição ao Serrinha…bem diferente da palhaçada que fizeram com o Giuliano Losacco na Stock Car em Brasilia, como se tivessem ocorrido duas “baterias”. Mas, em se tratando da CBA, pode-se esperar qualquer coisa…

  6. André disse:

    Nei, os comissários não têm acesso à camera onboard dos pilotos? Ou só após a corrida eles podem usar este recurso? Abraço!

    • neitessari disse:

      Oi André. Os comissários nao tem acesso as cameras on board em “tempo real”.. Apenas depois da corrida que eles conseguem ver….
      Abraços

      • Eduardo Furlanetto disse:

        Se tem alguma dúvida, não aplique punição! Deixe “sob judice” como na F1. “O incidente será investigado após a corrida”. Veja o onboard ou qualquer outra imagem, e então, se justo, adicionem 20s ao tempo do piloto. Simples assim…

      • André disse:

        Concordo totalmente com o Furlanetto. É bem isso mesmo que eu pensei, Nei. Na duvida, que vejam a onboard depois, melhor do que esse faz-desfaz danado. Seu blog é ótimo, valeu pela resposta! Abraço!

  7. Pingback: Uia. CBA criou uma comissão Nacional de Velocidade em Pista | Bobo da Corte

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s