Lugar de “velho” é na Sênior

Como muitos sabem, acompanho e trabalho com kart há muito tempo. Escrevo para o #picadasgalaxias do Allkart. E ontem o esquisitinho do Renan fez uma matéria, no mínimo, polemica. E está a CBA (de novo!) envolvida. Mas ai não sei se é CBA ou CNK, que é a Comissão Nacional de Kart. Mas como tudo de errado tem o dedo da CBA, acredito que foi ela que inventou a nova regra.

Vamos lá.

A categoria Graduados há muitos anos é no kart a categoria TOP. Considerada a Fórmula 1 do kart. E hoje temos nelas pilotos da antiga – que nem é tão antiga assim – Sérgio Jimenez, Ruben Carrapatoso e André Nicastro, por exemplo, e a galera da nova geração: Felipe Fraga, Victor Franzoni e Jonathan Louis, para citar três também.

Ai a CNK inventou que para disputar a categoria Graduados, apenas pilotos com até 25 anos. Ou seja, os três baitas kartistas que citei – Jimenez, Nicastro e Carrapatoso – só podem correr de Sênior.

Seus velhos!!!

A alegação da CNK/CBA é que os jovens de 15 anos não estão aprendendo, evoluindo, se preparando, disputando contra pilotos experientes.

Um dos melhores Campeonato Brasileiro  de Kart que eu vi na minha vida, por exemplo, não poderá ser mais disputado. A categoria Graduados em Florianópolis (2010) reuniu os seis pilotos acima citados, mais Nelsinho Piquet (“velho”), Guilherme Silva (novo), André Pedralli (novo), entre outros.

Vejo esta mudança por dois lados.

1    – os jovens aprendem muito competindo contra estes “velhos” do kart. Eles não se intimidam. Pelo contrario, crescem. Nunca vou mês esquecer a disputa entre André Nicastro (“velho”) e Victor Franzoni (novo) no GP Brasil de Kart. As disputas entre Felipe Guimarães (novo) e Sérgio Jimenez (“velho”).

2    – por outro lado, a categoria Sênior A vai ser boa demais se estes pilotos forem obrigados a competir nela. Mas acho difícil eles aceitarem. E estão certos se não aceitarem.
Sei lá. Em vez de facilitar, querem complicar.

A matéria do Allkart está aqui. Lá tem o depoimento do Rubens Gatti, presidente da CNK, sobre esta mudança.

Sei que esta mudança faz eu me sentir o cara mais velho do Planeta.

O Sérgio Jimenez conheço desde os três anos de idade. E hoje o cara é Sênior no Kart.

Puts. To velho!

Esse post foi publicado em Kart e marcado , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

6 respostas para Lugar de “velho” é na Sênior

  1. qual o melhor modo de evoluir: enfrentando adversarios melhores (mais experientes) ou enfrentar adversarios que ainda nao chegaram nem no seu nivel?

    para um graduado, com 1 ou 2 anos de categoria, nao seria melhor enfrentar um campeao mundial ao inves de um piloto que acabou de sair da Junior??

    [ironic_mode=on] PARABENS CBA/CNK!!! [ironic_mode=off]

  2. Dessa forma os pilotos mais “novos” vão maquiar o curriculum com títulos, mas vão aprender muito menos do que poderiam disputando com Jimenez e Cia.

    Mas e os Pilotos já estabelecidos na Sênior? Como é que ficam? Porque se é difícil um jovem piloto do Kart que só estuda disputar com Jimenez, Carrapatoso e Nicastro então imagina para alguns pilotos da Sênior que trabalham e têm o kart mais como um hobby caro do que como uma plataforma para avançar na carreira como têm os pilotos abaixo de 20 anos da Graduados .

    Isso de certa forma não iria desmotivar alguns pilotos da Sênior, já que agora ficaria ainda mais difícil disputar os títulos nacionais?

    Não seria mais interessante manter a Graduados como estava no ano passado mas dividir os títulos pela idade? Por exemplo uma categoria dentro da Graduados para pilotos abaixo de 20 mais ainda assim disputando o Título da “Geral” contra os pilotos acima dessa idade.

  3. Pingback: Piloto no Brasil não pode sofrer pressão | Bobo da Corte

  4. Sergio Moraes Cardoso disse:

    Mudança inócua e desnecessária, nada acrescenta e a motivação dos mais jovens não vem com troféus ou títulos, mas com perspectivas reais de evolução técnica por parte dos organizadores , isto sim é que deveriam sim ser a pauta atual da CBA.

  5. Parabens Nei pela materia.
    Nao concordo com a regra. Quer aprender a andar de kart,tem que andar com gente boa. Eu quando subi peguei pilotos com 5 anos de graduados tambem.
    A mulecada anda todo dia de kart, tem que andar com nos.
    Automobilismo nao e esporte pra quem nao quer desafios!
    Quer ganhar trofeu, compra uma na loja.
    ABraco

  6. Marcelo Lavanini disse:

    Galera, eu não NINGUÉM no kar. E não entendo NADA de kart. Mas me parece que essa mudança nada tem a haver com títulos, mas sim com EMPREGOS. As fábricas bancam pilotos da graduados para desenvolverem seus equipamentos. E esses empregos vinham se perpetuando na mão de pilotos que “em tese” já tem outros “empregos” no automobilismo. Portanto, alguns “pais de pilotos” com alguma influência empurraram uma aposentadoria compulsória gartanta abeixo desses “velhos” para abrirem “vagas de trabalho” para seus pimpolhos.
    Será que alguém foi ingênuo o suficiente pra achar que ALGUMA mudança de regulamento nesta tal de CBA tem ALGUM fundamento intenção técnica???

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s