A Truck começou bem legal

Neste fim de semana teve inicio o primeiro grande campeonato nacional do nosso automobilismo: Fórmula Truck. Assisti pela TV. Um calor absurdo em Nova Santa Rita, Rio Grande do Sul. E imagino o quanto os pilotos sofreram. No fim da prova a exaustão do vencedor Beto Monteiro e do Paulo Salustiano, 5º colocado,  mostrou o quanto a corrida foi difícil.

E difícil também para os caminhões. Só oito caminhões terminaram a corrida. A Mercedes-Benz, na minha opinião, era a que mais tinha chances e emplacar um baita resultado – com quatro pilotos entre os primeiros – quebrou tudo! Falando em Mercedes que bela apresentação fez o Christian Fittipaldi. Mas vão dizer: “o cara já pilotou de tudo”. Mas tenho certeza que nada é igual o caminhão. E pilotou muito. Se não fosse os problemas  no meio da prova em diante, estaria fácil entre os três primeiros no pódio.

A Volkswagen que deu uma bela recuperada. Só estava com o Felipe Giaffione largando entre os primeiros e o resto dos caminhões tudo lá trás. Terminou muito bem. Três caminhões no pódio.

Quem decepcionou foi a Scania. Assim como no ano passado, Roberval Andrade classifica muito bem (largou em 2º – Ok, Leo Gomes? hahaha) mas o caminhão o deixa na mão. Uma pena.

Pena também para a Ford. Dois baita pilotos – Danilo Dirani e Pedro Gomes – e pagaram o preço de um caminhão zero km, recém chegado da fabrica. Eu estive semana passada em Piracicaba, um dia após o treino da Ford, e fiquei sabendo que eles tiveram muitos problemas nos testes. Fiquei quietinho esperando para ver se iriam andar bem no Velopark. Não andaram. Mas vão dar canseira para os outros.

A Volvo ganhou um lugarzinho no pódio com o Salu e a Iveco foi a grande vencedora com o Beto Monteiro. Seu caminhão mostrou muita durabilidade. Enquanto muitos quebraram, se arrastaram para o fim, ele manteve o ritmo do começo ao fim.

A Fórmula Truck é bem legal. É uma categoria bem amarradinha, certinha, em todos os pontos. Transmissão em TV aberta pela Bandeirantes em HD, narração do ótimo Téo José, comentários corretos do Eduardo Homem de Mello, pessoal da organização, onde tem o Vytor Zeidan gente boa demais e toda a turma da Neusa Felix, um fotografo contador de histórias – Orlei Silva, assessoria de imprensa – este ano – do Clovis Grelak e o chato do Luciano Monteiro.

Bem legal.

O resultado da prova:

1º) 88 – Beto Monteiro (I, PE), 45 voltas em 1:00:50.696 (média de 101,08 km/h)
2º) 4 – Felipe Giaffone (W , SP), a 9.750
3º) 77 – André Marques (W , SP), a 19.770
4º) 8 – Adalberto Jardim (W , SP), a 21.160
5º) 55 – Paulo Salustiano (V , SP), a 52.619
6º) 11 – Diumar Bueno (V , PR), a 57.179
7º) 50 – Fred Marinelli (I , PR), a 1:04.942
8º) 32 – Luiz Pucci (V , RA), a 1:10.715
9º) 6 – Wellington Cirino (M , PR), a 1 volta
10º) 51 – Leandro Reis (S , GO), a 1 volta
11º) 43 – Pedro Gomes (F , SP), a 1 volta
12º) 3 – Christian Fittipaldi (M , SP), a 2 voltas
13º) 83 – Regis Boessio (M , SP), a 2 voltas
14º) 99 – Luiz Lopes (M , SP), a 5 voltas
15º) 7 – Debora Rodrigues (W , SP), a 6 voltas
16º) 70 – Danilo Dirani (F , SP), a 9 voltas
17º) 15 – Roberval Andrade (S , SP), a 10 voltas
18º) 12 – Zé Maria Reis (S , GO), a 16 voltas
19º) 73 – Leandro Totti (M , PR), a 22 voltas
20º) 2 – Valmir Benavides (I , SP), a 26 voltas
21º) 20 – Pedro Muffato (S , PR), a 38 voltas
22º) 9 – Renato Martins (W , SP), a 39 voltas
23º) 14 – João Maistro (V , PR), a 44 voltas

Melhor Volta: Leandro Totti, 1:10.676 (116,03 km/h)

Este slideshow necessita de JavaScript.

Esse post foi publicado em F-Truck e marcado , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para A Truck começou bem legal

  1. Fernando disse:

    A maior diferença da Truck para as outras categorias nacionais ditas “grandes” eh o numero de expectadores na arquibancada. Resultado da organizaçao e empolgaçao de seus promotores. Transmissao descente em tv aberta ajuda e muito. Viu, Stock Car?

  2. Fabiani C Gargioni #27 disse:

    Concordo com o Fernando,mas outra coisa é que ela é uma categoria multimarca em termos de motorização e chassi e é bem competitiva e no Brasil tudo que é categoria tem que ter o mesmo motor pra equilibrar e blábláblá. A truck é um sucesso desde o seu lançamento!!!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s